Início

Por que Maria insiste que rezemos o Rosário

Maria Santíssima-1Por que a Virgem Maria, todas as vezes que ela aparece, pelo menos nas aparições dos últimos séculos, ela insiste que rezemos o Santo Rosário? Esta é a a pergunta que Padre Paulo Ricardo responde para nós. O que há de tão importante, de tão essencial numa oração que parece tão simples? Diferente de práticas mais requintadas, como a leitura orante da Palavra de Deus (Lectio Divina) ou a espiritualidade litúrgica, a grandeza do Rosário está exatamente na sua simplicidade. Nossa Senhora diz que o Rosário é a oração dos pobres, dos pequenos, dos humildes. Nas aparições de Fátima, em Portugal, a Virgem Maria apareceu a crianças, a três pastorezinhos. Se três crianças podiam compreender e obedecer as orientações de Maria, nós também podemos.

O Santo Rosário é o caminho da pequenez e da humildade. Por isso, para entendermos a oração do Rosário é necessária uma atitude de humildade, precisamos voltar a ser crianças. Se formos humildades, entenderemos que, se a Virgem Maria está insistindo tanto na recitação do Rosário, devemos aceitar o que ela diz, pois ela sabe mais do que nós. Se não compreendemos a profundeza, a riqueza do Rosário, não culpemos a pequenez da oração, mas sim a nossa falta de entendimento. Pois, a recita do Santo Terço foi seguida pelos santos, pelo testemunho dos santos e santas canonizados, que tinham uma grande devoção ao Santo Rosário. Temos Encíclicas dos Papas e outros documentos do Magistério da Igreja, como a Carta Apostólica Rosarium Virginis Mariae, do Sumo Pontífice João Paulo II, que falam, insistem, exortam-nos para a recitação do Santo Rosário. Não é possível que uma oração que é tão unanimemente atestada pelos documentos da Igreja, pelos Santos, como é o Santo Rosário, não tenha uma profundidade.

O primeiro obstáculo que se coloca para descobrirmos a riqueza do Rosário é a soberba, pois somente os humildes descobrem este tesouro. Jesus é o centro da Ave-Maria e ao redor do Seu nome está toda a meditação dos mistérios do Santo Rosário. A Virgem Maria insiste no Santo Rosário pois ele nos conduz aos mistérios da vida de Cristo. Para bem Recitar o Santo Terço é necessário saber contemplar os seus mistérios. Ao contemplar os mistérios do Terço, devemos meditar o mistério de Cristo, que se fez pequeno para nos alcançar. Jesus é sentido de tudo e de toda a história da salvação. Cada Ave-Maria é como uma música de fundo, que nos inspira e nos ajuda a recitar com fruto cada mistério da vida de Jesus, que se confunde com o mistério das nossas vidas.

À luz dos mistérios da vida de Jesus, podemos compreender melhor o mistério das nossas vidas. Mergulhar na vida de Cristo vai nos fazer cada vez mais semelhantes a Ele. De algum modo, pela oração do Rosário, a Virgem Maria gera o Cristo em nós e nos configurando a Ele. Este é exatamente o papel de Nossa Senhora. Por ela somos gerados à semelhança de nosso Senhor Jesus Cristo. A Virgem Maria é o útero no qual somos gerados à semelhança do Filho de Deus.
Não desprezemos o Santo Rosário, pois ele tem uma riqueza muito grande. Não é possível que tantos santos e santas tenham perdido tempo com uma oração repetitiva e sem significado. No Terço existe um mistério. Além da profundidade espiritual e teológica desta oração, a Virgem Maria fez muitas promessas ligadas ao Rosário: promessas de salvação, de assistência especial, de uma maternidade bondosa, que nos protege e nos quer bem, para aquelas pessoas que recitarem o Santo Rosário. A Virgem Maria insiste na oração do Santo Terço para a nossa salvação e a salvação de tantas outras pessoas. No afresco do Juízo Final, de Michelangelo Buonarroti, na Capela Sistina, há uma cena de duas pessoas que são salvas através do Rosário. Esta imagem retrata a importância desta oração para aquele tempo e o valor que deve ser dado ao Rosário da Virgem Maria também nos dias de hoje.

Assim, Nossa Senhora nos ensina a ser novamente crianças, na simplicidade de saber que no Rosário aprendemos de muitos santos e santas, que se santificaram através desta oração. Se nossa Mãe insiste com tanta frequência, nas suas aparições, para que rezemos o Santo Rosário, vamos confiar-nos a ela, que nos faz cada vez mais semelhantes ao seu Filho Jesus Cristo. Pois, não é possível que tantas aparições da Virgem Maria, nas quais ela fala do Santo Rosário, como na Mensagem de Fátima, sejam um mero acaso. Para rejeitar uma dessas aparições, é preciso rejeitar todas, bem como o testemunho dos santos e santas e o Magistério da Igreja, que atestam a grandeza e a importância da oração do Santo Terço Mariano. Sejamos humildes e sinceros com Deus e deixemos nos converter para a devoção do Santo Rosário da Santíssima Virgem Maria.

Fonte: padrepauloricardo.org

 
Rádio Fraternidade
Campanha Dezembro

10%
Muito obrigado por
sua ajuda! Em dezembro
vamos concluir o
Tabernáculo de Deus! 
Pe.Ladislau Molnár. 

Pesquisa no Site
Mensagens da Bíblia
Ensina à criança o caminho que ela deve seguir; mesmo quando envelhecer, dele não se há de afastar. (Provérbios 22, 6)