Início Formação Teológica Marcas da Ressurreição

Marcas da Ressurreição

Não tenha medo de se expor à Ressurreição de Cristo. "Por que procurais entre os mortos Aquele que está vivo?" (Lucas 24,5b). Ressuscitou! Está Vivo! Abandonou a morte, superou as trevas. A Ressurreição de Cristo é as primícias para os que morreram, os que vão morrer e sinal de vida eterna para os que vivem na morte.
Mas é preciso compreender para crer e crer para compreender. Pois ao celebrar a Páscoa, a passagem da morte à vida, isto é, crer na Ressurreição. Diz Santo Agostinho: “Não é grande coisa crer que Jesus morreu; também os pagãos o crêem, também os judeus e os condenados; todos o crêem. Mas a coisa realmente grande é crer que ressuscitou. A fé dos cristãos é a ressurreição de Cristo”.

Existem pessoas que só vivem do Cristo morto. No dia em que estamos vivendo a Páscoa do Senhor –, a Ressurreição, que é a base da vida –, muitas delas não conseguem sair da morte para a Ressurreição. São pessoas que ainda estão presas à morte que aconteceu na Sexta-feira da Paixão, sem olhar a Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo, Aquele que venceu a morte e nos deu a vida eterna.
Por que ainda insistimos em querer aquilo que é morte? O que nos falta para experimentarmos a vida, mas a vida do Ressuscitado, a vida de Cristo no nosso corpo mortal? E quais são as áreas de nossa vida que estão mortas pelo pecado, pelas trevas? O poder da Ressurreição de Cristo quer atingi-lo por inteiro e lhe dar uma vida nova, pois com a Ressurreição somos participantes da vida de Cristo, da vida eterna.
 
Sim, a morte de Cristo não é prova suficiente da verdade, mas um testemunho supremo da sua caridade. Somente a Ressurreição é a verdade atestada e comprovada. É o selo que o Pai põe entre a morte e a vida.
No entanto, a Ressurreição de Cristo não é somente um fato para fornecer provas garantidas, uma demonstração de poder, uma coisa criada pela Igreja, um ato público para o povo voltar para Deus. Mas, antes de tudo, é um ato de amor infinito do Pai, o ápice da ação de Deus no mundo. Uma prova de amor de Deus não somente pelo seu Filho Jesus, mas também por toda a humanidade que recebeu a Ressurreição de Cristo em suas vidas.
Com a Ressurreição de Cristo quem ganhou foi o homem; pois nós também iremos ressuscitar com Ele. Nosso corpo mortal vai e já pode experimentar a Ressurreição pela ação do Espírito Santo.
“Se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dos mortos também dará a vida aos nossos corpos mortais por meio de seu Espírito que habita em nós” (Rm 8,11).
Essa é a nossa alegria e esperança, porque Jesus não fica com nada para Ele. Ele faz questão de se dar ao homem gratuitamente.

“A Ressurreição de todos realiza-se pelo Espírito Santo. E não entendo só ressurreição dos corpos no fim dos tempos, mas também a regeneração espiritual e a ressurreição das almas mortas, que se efetua todos os dias espiritualmente. Esta ressurreição é outorgada mediante o Espírito Santo por Cristo que, morto uma vez, ressuscitou e ressuscita em todos os que vivem dignamente” (Simeão, o Novo Teólogo).
Não tenhamos medo de nos expor à Ressurreição de Cristo para que saiamos da morte, das trevas e das doenças. Levantemo-nos e gritemos: Cristo Ressuscitou! Aleluia!

Fonte: Pe. Reinaldo C. da Silva

 
Rádio Fraternidade
Campanha Abril

75%
Graças à sua generosidade
fechamos a Campanha de
Março. Conto com sua 
ajuda para finalizar a
construção do
Tabernáculo de Deus. 
Pe.Ladislau Molnár. 

Pesquisa no Site
Mensagens da Bíblia
Invoca-me nos dias de tribulação, e eu te livrarei e me darás glória. (Salmo 49, 15)
Eventos